Image-empty-state.png

Pedro Henrique

O hino do sementes do amanhã chega aos meus ouvidos por meio do Instagram do CNSP. Logo o coração palpita e o desejo de voltar a ler um livro volta ao seu devido lugar. Em 18 de junho de 2020, um ciclo iria ter início e a minha experiência começaria a ser traçada, bem como algo impactante veio à tona. Fui convidado para tocar o hino do sementes no sax, e por mera coincidência seria inaugurada a página do clube no Instagram. Hoje sei que as barreiras voltaram a ser retiradas e nunca mais colocadas. A criança que lia livros em sua infância, voltou a incorporar em mim. Hoje eu digo para o Brasil e o mundo ouvirem: FAÇO PARTE DO CLUBE SEMENTES DO AMANHÃ!

Logo Sementes - sem nome.png

Sementes do Amanhã